Papa emérito Bento XVI diz que casamento de pessoas do mesmo sexo é obra do anticristo



O papa emérito Bento XVI reforçou a sua posição contrária ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, em uma biografia autorizada publicada nesta segunda-feira, 4, na Alemanha.

No livro, Joseph Ratzinger, de 93 anos, criticou opositores, dizendo que é vítima de uma "distorção maligna da realidade". As informações são da mídia alemã e da agência de notícias DPA (Deutsche Presse-Agentur).
A biografia, intitulada "Bento XVI - Uma Vida", inclui várias afirmações controversas do antigo líder supremo da Igreja Católica. Ratzinger criticou inclusive como o casamento gay seria visto hoje em dia. "Há um século seria considerado absurdo falar sobre casamento homossexual. Hoje, quem se opõe a ele é excomungado da sociedade", contou. 

Ainda de acordo com Bento XVI, "acontece a mesma coisa com o aborto e a criação de vida humana em laboratório". Por isso, segundo ele, "apenas natural" que as pessoas "temam o poder espiritual do anticristo".

Bento XVI / Crédito: Wikimedia Commons 


Ratzinger é criticado por suas opiniões polêmicas em vários temas, como aborto, eutanásia e sexualidade.
Seus críticos estão especialmente na Alemanha, cuja Igreja é liderada por clérigos reformistas. O papa emérito é acusado também de prejudicar os esforços do atual papa Francisco, que tem se focado em um processo de modernização no Vaticano. 
No entanto, na biografia autorizada, Bento XVI diz ter relações amigáveis com o atual papa. "A amizade pessoal com o papa Francisco não apenas persistiu, como cresceu", disse o antigo pontífice, que liderou a Igreja Católica entre 2005 e 2013

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba o que são pecados mortais e quais são os mais comuns

Morreu nessa quarta aos 54 anos de covid-19 padre da Paróquia São João Batista

LUTO:Faleceu na madrugada dessa quarta padre da paróquia Nossa Senhora,vítima de covid-19