Coronavírus :Moradores de bairro em Teresina rezam o terço na porta de casa - Front catolico

Coronavírus :Moradores de bairro em Teresina rezam o terço na porta de casa



Há três anos, os moradores das quadras 10 e 11 do Conjunto Santa Fé, zona sul de Teresina, se reúnem para rezarem juntos o santo terço. Todo dia 13 de cada mês, na casa de alguma família da rua, eles vivenciam o momento de oração.
Em alguns períodos do ano a oração é intensificada, como no natal, semana santa e páscoa. Durante esse período de isolamento social a oração comunitária do terço continuou, mas de uma maneira diferente.
Impossibilitados de frequentarem as casas uns dos outros, os moradores decidiram rezar o terço da porta de suas respectivas residências. O horário é combinado pelo telefone. Francisca Dias participa dos terços desde quando foi idealizado na rua e relata que o momento de oração é uma oportunidade para fortalecer a fé e a amizade entre as famílias, principalmente agora, durante a pandemia.

“Alguns dos nossos moradores aqui são idosos, muitos deles estavam chorando muito, se sentindo sozinhos, apesar da rua ser muito unida, algumas pessoas estavam muito tristes, mas nós decidimos começar a rezar o terço todos os dias, durante esse período de isolamento. É algo inexplicavelmente lindo, quando dá seis da tarde todos nós saímos para a porta de casa pra gente se ver e rezar junto”, afirma Francisca.
A catequista Regina, que também é moradora da rua onde acontece as orações, expressa a sua felicidade por este momento de união. “Nós começamos a rezar o terço no dia 17 de março, logo que tomamos conhecimento da pandemia que estava assolando o mundo. A experiência tem sido maravilhosa porque aumentou ainda mais os laços de amizade e solidariedade com os vizinhos, foi uma maneira que encontramos para afastar a tristeza do isolamento”, destaca.
Os moradores fazem parte da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima. O pároco, padre Daniel Rodrigues, destaca que o fato de estarem impossibilitados de participarem da celebração da santa missa presencialmente, aumenta a necessidade de estar mais próximo de Deus e a oração é o melhor caminho para esse encontro. “Essas famílias tem o costume de se encontrarem várias vezes ao ano, e desde que foi estabelecida a quarentena e que as pessoas deixaram de ir à igreja para participar da missa, elas decidiram rezar todos os dias. É uma oportunidade para assim, manifestarem a fé, a união, a fraternidade e amizade entre eles”, afirma o pároco.
A oração do terço entre os moradores, que antes acontecia uma vez por mês, agora acontece todos os dias a partir das seis da tarde e segue fortalecendo a fé e a esperança de que dias melhores virão



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.