Separados por quarentena, idoso se declara à esposa: “Eu amei você por 67 anos e ainda amo” - Front catolico

Separados por quarentena, idoso se declara à esposa: “Eu amei você por 67 anos e ainda amo”



Um casal de idosos que está junto há 67 anos precisou comemorar o aniversário de casamento à distância, já que os pombinhos estão em isolamento para evitarem o contágio do coronavírus (Covid-19).

Não que isso tenha sido um problema para Bob e Nancy Shellard, que demonstraram às pessoas separadas de seus entes queridos que existem muitas maneiras de manter contato e mostrar todo seu amor e carinho por aqueles que amamos.

Em circunstâncias normais, Bob visita a esposa todos os dias em sua casa de repouso. Porém, para manter os residentes idosos (principal grupo de risco) a salvo do surto de Covid-19, as casas de repouso de Connecticut (EUA) proibiram visitas externas não-essenciais.
Apesar da proibição, Bob decidiu ir até a entrada do local, levando um cartaz com os dizeres: “Eu amei você por 67 anos e ainda amo. Feliz Aniversário!“.
Due to coronavirus precaution, Bob Shellard isn't allowed to visit his wife in her Connecticut nursing home. So he stood outside her window and held up a sign that said "I've loved you 67 years and still do. Happy Anniversary." http://4.nbcny.com/nEX9Y2K 
Ver imagem no Twitter
60,1 mil pessoas estão falando sobre isso
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO ABAIXO
Uma foto dessa cena romântica foi compartilhada no Twitter e viralizou, acumulando mais de 265 mil curtidas e 60 mil compartilhamentos.
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.
“Me sinto mal porque queria ela comigo, ao meu lado, e sei que ela não pode estar [no momento]”, disse Bob.
Ao ver o marido com o cartaz do lado de fora da casa de repouso, Nancy acenou para ele e mandou um monte de beijos.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.