LUTO :Padre com coronavírus morre após ceder seu respirador a desconhecido - Front catolico

LUTO :Padre com coronavírus morre após ceder seu respirador a desconhecido



O nome dele era Giuseppe Berardelli, de Bergamo, norte da Itália, onde a doença está ceifando vidas de maneira trágica (6.077 em todo o país, no momento em que deito estas mal traçadas).

Don Giuseppe morreu após testar positivo para o coronavírus, mas não exatamente por isso.
Ele resolveu se sacrificar por outra pessoa, conta a mídia local. 

Aos 72 anos, o religioso abriu mão do respirador de que precisava e que sua comunidade havia comprado apenas para ele.Deu o aparelho para um desconhecido usar, mais jovem que ele.
“Don Giuseppe morreu como padre. E estou profundamente comovido com o fato de que ele ajudou alguém mais novo”, disse um trabalhador de saúde da casa de repouso de San Giuseppe. Don Giuseppe Berardelli morreu no hospital de Lovere.
Pelo menos 30 padres faleceram na Itália devido à pandemia de covid-19. Dezesseis deles da diocese de Bergamo. Deus os terá em bom lugar.
Saiba mais sobre os sacerdotes mortos na Itália:

Coronavírus na Itália

Epicentro do surto do novo coronavírus (SARS-CoV-2) na Europa, as autoridades italianas registraram nesta segunda-feira, 22, o segundo dia seguido de queda no total de mortes em decorrência da doença.
A Itália é o segundo país mais atingido em todo o mundo pela pandemia, com cerca de 63.927 casos confirmados e 6.077 mortes, segundo o jornal Corriere della Sera.
“Não sinto vontade de ir muito longe, em parte porque hoje vemos os efeitos do que aconteceu. Observamos que as medidas estão funcionando, mas é muito cedo para falarmos sobre tendências em queda”, disse o chefe de Proteção Civil, Angelo Borrelli.
Nesta segunda-feira, 601 pessoas morreram na Itália, o que representa uma queda de 7% em relação ao número registrado no domingo 22 — 651 mortes. Desde sábado 21, quando foi contatado o recorde de 793 mortos, o índice de letalidade da doença caiu em quase 25%.

As mortes de centenas de pessoas a cada dia no país forçou o governo italiano a incumbir o Exército do recolhimento e traslado de corpos para crematórios e cemitérios na região norte, a mais afetada pela epidemia

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.