Mulher com síndrome de Down é expulsa de evento para não ‘assustar’ as pessoas - Front catolico

Mulher com síndrome de Down é expulsa de evento para não ‘assustar’ as pessoas




É inaceitável que em pleno 2020 uma ação preconceituosa como esta passe em vão. Este caso ganhou repercussão
internacional após viralizar nas redes sociais, este ato covarde aconteceu na Espanha no último dia 15, no Hotel Motilla del Palancar, que fica na cidade de Cuenca.


Júlia, de 49 anos, foi expulsa do estabelecimento que foi sede de um evento, segundo Ascesnsion Leal, irmã da vítima de preconceito, que relatou o que aconteceu no hotel.




A irmã de Júlia revelou que um representante da empresa Medisalud expulsou Júlia do local porque sua aparência e sua condição “poderia assustar as pessoas”.


 Ascesnsion revelou que o gerente da empresa Medisalud ligou para a família e pediu inúmeras desculpas, contudo ela afirmou que vai denunciar o caso porque a dignidade de sua irmã precisa ser respeitada acima de tudo.



Em entrevista à agência ‘Efe’, Ascesnsion contou que quando ela, a irmã e alguns amigos entraram no local onde aconteceria a palestra da empresa em questão, alguns de seus funcionários se aproximaram e disseram que Júlia poderia atrapalhar o evento porque possivelmente ela atrapalharia os participantes.


Quando ela tentou buscar uma cadeira foi impedida por um dos funcionários que chegou a sugerir que ela deixasse Júlia fora do hotel.



O hotel passou a sofrer ataques depois que o assunto vazou na mídia, contudo a empresa fez questão de ressaltar que não aprova a atitude da empresa que alugou um espaço no estabelecimento com fins comerciais.



A administração do hotel os considera “severamente discriminatórios” e que constituem “uma violação dos direitos mais elementares de toda pessoa”.


Fonte: Crianças Especiais


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.