Stallone Testemunha sua volta ao catolicismo,e recomenda a igreja “ginásio da alma” - Front catolico

Stallone Testemunha sua volta ao catolicismo,e recomenda a igreja “ginásio da alma”




Stallone, conhecida estrela do cinema de ação, revelou que retornou à fé e decidiu mostrar este momento de sua vida no filme “Rocky Balboa”, estreada nas últimas semanas.

Conforme informa o jornal La Razón da Espanha, onde o último filme do Stallone chega às salas de cinema esta sexta-feira, o protagonista de Rocky” e “Rambo” redescobriu a Deus e agora recomenda a seus seguidores ir à igreja para liberar-se das pressões e exercitar a alma.
Stallone não duvida em proclamar que mudou. “Não interessa o passado. Se olhas para Deus, podes renascer”, sustenta o ator e assegura que seu último filme, “Rocky Balboa” quer refletir a fé cristã que perdeu de jovem com uma “grande carga espiritual”.

“Para mim, este filme foi guiado pela mão de Deus”, sustentou Stallone em uma vídeo  conferência que ofereceu aos principais líderes cristãos dos Estados Unidos.
Stallone cresceu em um lar católico e foi educado em escolas católicas. “Depois dei algumas reviravoltas erradas quando saí à ‘vida real’. Necessitei passar minhas provas e minhas tribulações antes de poder ser  suficientemente homem para interpretar um filme como este”, indicou.
Em efeito, “Rocky Balboa”, começa vinte anos depois do último combate do boxeador mais famoso do mundo. Rocky se converteu ao cristianismo, escuta umas palavras da Sagrada Escritura antes de cada combate e “isso é o que lhe dá fortaleza”, acrescenta o ator.

“Rocky perdoa. Não fica amargurado. Sempre bota a outra bochecha. É como se toda sua vida a colocasse ao serviço de outros. O filme vai sobre a redenção; a redenção não só de Balboa, mas também do próprio Stallone”, afirmou.
“No primeiro filme de Rocky aparecia uma cena no vestuário em que pronunciava uma oração. Nas seguintes, esta dimensão se perde. No último filme, a espiritualidade é muito mais clara”, indicou.
Ao explicar este giro em sua vida, Stallone sustenta que “a maioria dos meus filmes anteriores eram sangrentos; tratava-se dos frutos criativos de minha juventude, quando meu matrimônio não ia bem e eu mesmo me senti seduzido por todas as tentações de Hollywood”, segundo um artigo do São Francisco Chronicle.

Agora, diz desfrutar de um matrimônio estável e de uma relação com  Jesus Cristo completamente distinta. “quanto mais vou na igreja e mais aprofundo em minha fé em Jesus e escuto sua Palavra, ao mesmo tempo deixo que a sua mão me guie, sinto como me libero de minhas pressões. A igreja é o ginásio da alma”, indicou.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.