Padre acusado de abuso é encontrado morto



Um sacerdote argentino, acusado de abuso sexual de crianças e condenado à prisão, foi encontrado morto nesta terça-feira (17) em La Plata, a 60 quilômetros de Buenos Aires.
A polícia investiga o caso como suicídio.   
Segundo o jornal Clarín, o padre Eduardo Lorenzo, de 60 anos, acusado por pedofilia em pelo menos cinco casos de abuso sexual, teria se suicidado na sede da Caritas, em La Plata, onde estava hospedado. As autoridades informaram que uma arma de fogo foi localizada próxima a seu corpo. Poucas horas antes de ser encontrado, Lorenzo teve sua prisão decretada pela juíza Marcela Garmendia, que aceitou o pedido de detenção apresentado pela promotora Ana Medina.
O padre foi denunciado em 2008, mas na ocasião o processo foi arquivado por falta de provas. Ele foi acusado por homens, jovens entre 13 e 15 anos na época, de cometer os crimes entre 1990 e 2008, na casa paroquial e em sítios alugados onde eram realizadas confraternizações de grupos de escoteiros. (ANSA)

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba o que são pecados mortais e quais são os mais comuns

Morreu nessa quarta aos 54 anos de covid-19 padre da Paróquia São João Batista

LUTO:Faleceu na madrugada dessa quarta padre da paróquia Nossa Senhora,vítima de covid-19