ATRIZ ZILDA CARDOSO, A ETERNA DONA CATIFUNDA, MORRE AOS 83 ANOS - Front catolico

ATRIZ ZILDA CARDOSO, A ETERNA DONA CATIFUNDA, MORRE AOS 83 ANOS



Morreu aos 83 anos, na manhã desta sexta-feira (20), a atriz e humorista Zilda Cardoso, famosa por interpretar a personagem Dona Catifunda em A Praça É Nossa e na Escolinha do Professor Raimundo. De acordo com o investigador Luiz Carlos Vegi, do 77º Distrito Policial, localizado no bairro de Santa Cecília, ela teve uma morte natural e foi encontrada deitada em sua cama.

"A viatura chegou de manhã no apartamento dela, por volta das 7h. Batemos na porta, ela não atendeu. Aí chamamos o zelador, que veio e nos ajudou a abrir. Quando entramos, ela já estava morta, deitada na cama", disse o investigador ao Notícias da TV.
A humorista Dani Calabresa, que interpreta Dona Catifunda no remake da Escolinha do Professor Raimundo, na Globo, lamentou a morte da atriz.
"Que tristeza! Sou tão fã e tão grata. Queria ter conhecido ela. Nessa temporada de 2019 [da Escolinha do Professor Raimundo], eu estava torcendo para ter surpresa e ela aparecer para gravar comigo. Eu ia desmaiar de emoção", disse à reportagem.
"Que notícia triste, ela era uma mulher muito engraçada e muito querida, todos que trabalharam com ela só elogiavam", continuou a atriz da nova versão.

Carreira

Zilda estreou na TV em 1961, no humorístico O Riso É o Limite, na extinta TV Rio, e logo de cara como Catifunda, uma mendiga debochada que adorava fumar charuto. Fez tanto sucesso que no ano seguinte a também extinta TV Paulista a contratou e lhe deu um programa solo, o Zilda 23 Polegadas, no qual interpretava diversos personagens.

Mas foi em 1964 que ganhou mais projeção, quando Manuel da Nóbrega a convidou para integrar o time do Praça da Alegria, na época exibido pela Record. Esteve no programa durante mais de seis anos, aumentando ainda mais a fama de Catifunda.
A personagem era tão querida pelo público que Zilda Cardoso passou a ser disputada por diversos humorísticos. Atuou em Quadra de Setes (1967, Globo), Os Trapalhões (1977-1978 e 1983-1986, Globo), Alegria 81 (1981-1983, SBT), Praça Brasil (1987-1988, Band), A Praça É Nossa (1987-1990 e 1988), Estados Anysios de Chico City (1991, Globo) e Escolinha do Professor Raimundo (1991-1995, Globo).
Na Record, chegou a atuar nas novelas Quatro Homens Juntos (1965), Mãos ao Ar (1966) e Meu Adorável Mendigo (1973), e no cinema fez parte do elenco dos filmes O Lamparina (1963), Meu Japão Brasileiro (1964), Golias Contra o Homem das Bolinhas (1969) e Se Meu Dólar Falasse (1970)

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.