Padre nega comunhão a político abortista,candidato a presidente dos EUA, - Front catolico

Padre nega comunhão a político abortista,candidato a presidente dos EUA,



O vice-presidente dos Estados Unidos na era Obama e atual candidato presidencial, Joe Biden, teve a comunhão negada em uma Igreja Católica na Carolina do Sul, no domingo do dia 27, por causa de sua posição favorável ao aborto.

Joe Biden participava de uma Missa na Igreja Católica de Santo Antônio, em Florença, Carolina do Sul, quando tentou receber o sacramento. O ex-vice-presidente, no entanto, foi rejeitado pelo sacerdote da Igreja, padre Robert E. Morey, por causa de seu apoio ao aborto.

Infelizmente, no domingo passado, tive que recusar a Sagrada Comunhão ao ex-vice-presidente Joe Biden“, declarou o padre Morey no programa Florence Morning News  “A Santa Comunhão significa que somos um com Deus, somos um só povo e uma só Igreja. Nossas ações devem refletir isso. ”

O Padre Morey negou a Comunhão a Biden – que se diz católico e alegava ser pessoalmente contra o aborto – por ele ter mudado sua posição para alinhar-se ao Partido Democrata e poder disputar a eleição presidencial americana no próximo ano.
Em Junho, Biden teria rejeitado apoio à Emenda Hyde, que proíbe que fundos públicos federais sejam usados para a maioria dos casos de aborto. O ex-presidente buscou aliar-se a grupos abortistas “pro-choice”, mas ressaltou sua divergência com os católicos. Segundo o padre Morey, sua decisão de negar a comunhão ao ex-vice-presidente não era pessoal, mas decorria de suas responsabilidades para com a Igreja e seus ensinamentos sobre vida e concepção.

Qualquer figura pública que defende o aborto se coloca fora do ensino da Igreja“, disse padre Morey ao Morning News. “Vou manter o Sr. Biden em minhas orações

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.