Onde o papa mora? - Front catolico

Onde o papa mora?




Desde São Pedro, os papas viveram em vários lugares (e nem sempre em Roma)

São Pedro foi nomeado por Jesus Cristo para liderar a Igreja depois da partida Dele deste mundo. Pedro morava em Antióquia (atual Antáquia, na Turquia) e é considerado o primeiro bispo daquela cidade.



Pedro também viveu por pouco tempo em Jerusalém, mas depois, em seu ministério, mudou-se para Roma, onde passou a morar com uma comunidade cristã local. Porém, é mais provável que ele ficasse constantemente em movimento, pregando e curando, até que acabou sendo preso e crucificado.
Já os outros papas que sucederam Pedro estavam igualmente em movimento – e também sob perseguição.
Segundo o Enciclopédia Católica, desde o início do século IV, quando foi entregue ao papa por Constantino, o palácio do Latrão passou a ser a principal residência dos papas – e continuou assim por cerca de mil anos”.
Esta residência papal era localizada onde hoje é a atual basílica, comumente conhecida como São João de Latrão, localizada na colina de Roma.
Depois, de 1309 a 1376, o papa viveu em Avignon, na França, por causa de uma disputa política.
Após esse período de tempo, “os papas retornaram a Roma, onde residieam primeiro em Santa Maria, em Trastevere, depois em Santa Maria Maggiore, e por fim fixaram sua residência no Vaticano”.



No Vaticano, os papas moraram nos Apartamentos Papais, no Palácio Apostólico, a partir do século 17. Essa foi a residência oficial dos pontífices até a eleição de Francisco.

Desde 2013, o Papa Francisco reside na Casa Santa Marta (Domus Sanctae Marthae), um edifício no Vaticano que foi concluído em 1996 e, originalmente, concebido como um tipo de hotel ou casa de hóspedes do clero. Francisco, que como jesuíta está habituado a viver em comunidade, escolheu esta residência para ficar menos isolado. Ele mora no que é essencialmente uma suíte de hotel, descrita em um artigo sobre Aleteia da seguinte forma:
“O primeiro quarto é uma área de estar com duas cadeiras, um sofá, uma escrivaninha, uma estante de livros e um crucifixo. Não há absolutamente nenhum sinal de luxo: simplicidade absoluta. O segundo quarto é um tipo monástico de quarto: uma cama de madeira escura, um guarda-roupa, uma mesa de cabeceira. As luzes fluorescentes deixam o ambiente um pouco frio, como uma sala de internato, mas o papa não liga para isso.”


Não se sabe se a Casa Santa Marta continuará sendo uma residência papal após o pontificado do Papa Francisco, já que não existem leis específicas que regem sobre o local de residência do papa.



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.