Mulher que empurrou Padre Marcelo foi acompanhada por padre exorcista após ataque - Front catolico

Mulher que empurrou Padre Marcelo foi acompanhada por padre exorcista após ataque




O ataque de uma fiel ao Padre Marcelo Rossi, no domingo (14), durante a missa de encerramento do 21º Acampamento PHN 2019, organizado pela Canção Nova, continua repercutindo. As imagens viralizaram na internet e repercutiram em todo o Brasil.
Um homem que viajou de Montes Claros, em Minas Gerais, para Cachoeira Paulista, interior de São Paulo, onde o evento foi realizado, contou detalhes do que viu ao jornal O Estado de Minas e fez revelações ainda desconhecidas sobre o episódio.


O supervisor de produção Sillas Rocha afirmou que o aconteceu ali foi algo sobrenatural. A mulher subiu no palco, empurrou o Padre Marcelo lá de cima e ele, mesmo tendo problemas na coluna, não sofreu nenhuma lesão e voltou ao palco para encerrar a missa.
A mulher, de 40 anos, que estava em uma caravana do Rio de Janeiro com o filho de três anos, não teve a identidade revelada. Sillas revelou algo que ninguém sabia na entrevista ao Estado de Minas.
Segundo ele, a mulher foi retirada do palco e teria sido acompanhada por um padre exorcista do Rio de Janeiro. Sillas não deu detalhes do ocorrido e não é possível saber se o padre realizou algum procedimento de exorcismo na mulher.


Ela foi encaminhada à delegacia de Lorena, próximo de Cachoeira Paulista, prestou depoimento e o delegado Daniel Castro, responsável pelo caso, afirmou que viu incoerências no depoimento da mulher, que sofre de transtornos psiquiátricos. Padre Marcelo decidiu não registrar queixa contra a mulher e afirmou que seu boletim de ocorrência é oração e Bíblia.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.