Mulher foi pedida em casamento após ganhar de padre bolo de Santo Antônio: 'Foi milagre - Front catolico

Mulher foi pedida em casamento após ganhar de padre bolo de Santo Antônio: 'Foi milagre




Apesar de não ser devota a nenhum santo, a jornalista Juliana Ustulin, de 35 anos, lembra com bom humor sobre ter sido surpreendida com o pedido de casamento apenas nove meses após ter ganhado do padre uma fatia do enorme e tradicional bolo comemorativo ao Dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. “Brinco que foi um milagre, porque comi durante o trabalho, por acaso”, conta ao G1.
Nesta quinta-feira (13), é comemorado o Dia de Santo Antônio, feriado em algumas cidades brasileiras.
Coincidência ou não, tudo começou começou quando Juliana, numa prosa qualquer com a amiga, contou que tinha vontade de provar o bolo, já que desde que tinha mudado de Ribeirão Preto (SP) para Piracicaba (SP), em 2012, sempre era escalada para fazer plantão de trabalho justamente no feriado, então ficava na Praça Central, local de comemoração da festa ao santo casamenteiro.
“Até comentei com ela: ‘acho que esse bolo não está com nada, porque todo ano venho e nunca caso’. Brinquei que Santo Antônio podia dar uma ajudinha”, lembrou Juliana, rindo.
Quando a conversa terminou, a jornalista já não dava tanta atenção ao que tinha comentado. Mas, na manhã de 13 de junho de 2016, uma segunda-feira, o monsenhor da Catedral de Piracicaba terminou de rezar a missa e levou um pedaço de bolo para ela.
Até uma foto foi feita do momento em que Juliana, ao lado da amiga, come o famigerado doce que até então só experimentava das outras pessoas que conseguiam comprar antes e que era o assunto das reportagens produzidas pela jornalista.
"Mandei a foto do bolo no grupo da família e disse 'agora vai!’. E foi mesmo", disse



'Milagre' do bolo

Católica, Juliana conta que até se “identifica” com um santo ou outro, mas que não é devota a nenhum deles. Mesmo assim, a jornalista aconselha que as pessoas em busca de celebrar o matrimônio mantenham a fé em Santo Antônio e comprem o doce.
"Vale muito a pena, não só para isso, pois ele [bolo] tem uma tradição, toda uma história. Não deve ser à toa que muita gente se casa depois disso.”
Nove meses depois de ter comido o bolo que ganhou do padre, a jornalista foi surpreendida com o pedido de casamento do namorado com quem estava há um ano e meio. E as boas notícias não pararam por aí: descobriu dias antes de se casar que seria mãe de gêmeos. “Na época, o pessoal brincou bastante que tudo isso aconteceu por causa do bolo”, brincou. 


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.