Ex Protestante: Do ódio ao amor à única Igreja instituída por Cristo! - Front catolico

Ex Protestante: Do ódio ao amor à única Igreja instituída por Cristo!





Na minha infância, minha família se intitulava católica, porém, infelizmente como muitos, não frequentava assiduamente nem conhecia de verdade a igreja. Graças a Deus e por intervenção de minha irmã, fui batizada na igreja aos 2 anos. Porém, também através dela, todos nós nos tornamos protestantes.


Na minha infância, minha família se intitulava católica, porém, infelizmente como muitos, não frequentava assiduamente nem conhecia de verdade a igreja. Graças a Deus e por intervenção de minha irmã, fui batizada na igreja aos 2 anos. Porém, também através dela, todos nós nos tornamos protestantes.
Praticamente então, cresci na igreja Assembléia de Deus - ministério Belém e como a maioria dos protestantes, sem perceber, tinha muito ÓDIO da igreja Católica e especialmente de Nossa Senhora.
Eu sempre fui muito assídua aos cultos protestantes, ao mesmo tempo, parecia que faltava alguma coisa. Quando saí da adolescência, troquei de igreja e passei a frequentar a Bola de Neve.. contudo, ainda me faltava alguma coisa!!!
Buscando me encontrar, passei a visitar muitas e muitas igrejas protestantes e na prática, fiquei um bom tempo sem frequentar nenhuma igreja, pois "nenhuma se adequava a mim".
Em 2013, numa balada, conheci então aquele que se tornaria meu marido, o Fábio, e que era Católico. Na época eu e ele, estávamos afastados da igreja. Namoramos por 2 anos. As vezes discutíamos sobre religião, mas nada demais.
Assim que completamos 2 anos juntos, ele me pediu em casamento porém, no mesmo dia começamos a nos questionar: como seria a criação dos filhos? Como e onde seria o casamento? Etc... Então começamos a brigar, e muito!!!
Cansados de brigar, já esgotados, mesmo afastados recorremos a Deus. Eu levei ele na igreja protestante comigo (acreditem! Todas as vezes que ele ia, falavam mal de Maria).Ele me levou na igreja católica (e eu ficava de costas para o Santíssimo, enquanto todos estavam ajoelhados, eu fazia questão de ficar sentada, e quando falavam qualquer coisa de Maria eu revirava os olhos). Estas idas do Fábio à igreja protestante, fez acender nele o desejo de voltar a Deus para que defendesse e sobretudo vivesse a sua fé na igreja Católica!
Decidimos então fazer um propósito:  Nós dois estudaríamos as duas religiões e discutiríamos sobre os assuntos escolhidos. Além disso durante um mês, ficaríamos em jejum de carnes e total abstinência (nesta época ainda não vivíamos a castidade).
Meu pensamento foi: "Glória a Deus, tenho certeza que ele vai se converter e virar pastor!!!".. Mas em vez disso, a discussão foi tão feia que quase terminamos.
Não desistimos por ai!!! Depois disso, ardia em mim o desejo profundo de estudar as histórias das duas igrejas! Conheci a história da igreja protestante que os próprios protestantes nunca ensinam nas igrejas (Lutero, Calvino, Zwinglio) e comecei desesperadamente a conhecer a história da igreja Católica.
Foi então que decidimos fazer mais um mês de jejum e abstinência. Desta vez minha oração foi diferente, sendo a seguinte: "Senhor, nos mostre a verdade."
Uma noite, na primeira semana de jejum, eu estava prestes a dormir quando pensei ter escutado alguém entrar em meu quarto. Logo vi que não era ninguém e voltei a deitar! Senti então, um forte sopro em meu ouvido. (Eu sou muito medrosa! Mas não senti medo algum! Pelo contrário).
Dormi e senti que no dia seguinte eu estava diferente! Já não tinha mais ódio da igreja Católica. Aquele sopro, tenho certeza que foi do Espirito Santo..
Porém, no meu orgulho, cheia de dúvidas e medos impostos pelo protestantismo, me fizeram parar de continuar pensando na igreja Católica.. cheguei a me revoltar com Deus!
Continuei então à procura de uma igreja protestante para frequentar, mas Deus não me respondia e eu não entendia o silêncio Dele! Por um ano fiquei perdida. Relutei em ouvir a voz de Deus que dizia: "Calma filha! Eu vou te colocar no lugar certo, na hora certa!"
Quis desistir de tudo! Até do casamento! Para mim era algo que nunca iria funcionar. Eu jamais viraria católica!!!! Nunca!!!! "Deixei a vida me levar"
E um certo dia estava com o Fábio e ouvi perfeitamente a voz de Deus, como se alguém me falasse aos ouvidos: "Filha, como você quer mudança, se você não larga o pecado?" A voz dizia a mesma coisa repetidas vezes! Quando então contei ao Fábio. Juntos decidimos mais uma vez, fazer um jejum e abstinência por 40 dias. E desta vez prometemos algo a mais! Permaneceríamos em castidade até o casamento. Entregaríamos até mesmo a noite de núpcias caso o Senhor convertesse um de nós!
Minha oração desta vez foi a seguinte: "Deus, nos mostra o verdadeiro caminho, e se for preciso eu te entrego o amor da minha vida! Prefiro ficar sozinha contigo do que no erro com ele. Te entrego o meu Isaque, te entrego o nosso destino. Só quero se for da Sua vontade"
Continuei sozinha os estudos! Não queríamos mais discutir. Eu estudava noite e dia, assisti muitos testemunhos, muitas palestras e explicações, lia a Bíblia. Antes eu achava que a Bíblia se contradizia. E fui percebendo que na verdade ela se completa! Ela é perfeita! E tudo que a igreja católica dizia, na verdade estava na Bíblia! Tudo se encaixava perfeitamente.
Mesmo assim nas minhas misérias, o medo de dar um passo errado, me assombrava! Continuei odiando Maria.
Uma semana antes do jejum acabar, meu noivo me levou para o acampamento Livrai-nos do mal, na Canção Nova. Ao ouvir o nome de Maria eu virava para o Fábio e dizia: viu? Olha só vocês adoram Maria!!! Comecei a falar muito mal de Maria e cai em um choro profundo! Foi quando mulher se aproximou de mim, me abraçou e simplesmente disse: "Maria te ama! Ela me mandou te abraçar, recebe este abraço de mãe!"
Eu fiquei sem reação! Como eu pode, eu a odiava e estava chorando muito por causa disso, e ela na mesma hora me abraçava?!! Chorei mais ainda!!!
Neste retiro o missionário Ironi Spuldaro, fez uma oração de cura e libertação. Profetizou que muitas pessoas seriam libertas durante a semana. Exatos 7 dias após a oração, tive náuseas e fui parar no hospital. Depois disto, não sei explicar! Mas meus olhos se abriram e o medo desapareceu. Dei um passo de fé e contei ao Fábio que eu havia achado a igreja que eu tanto procurava! A Santa Igreja Católica Apostólica Romana!
Comecei a entender perfeitamente que o que eu mais precisava, não era uma igreja que se adaptaria a mim.. era o contrário, eu tinha que me adaptar a igreja, única e verdadeira noiva de Cristo!
No domingo seguinte, o Fabio me levaria à uma missa na comunidade Shalom de Guarulhos, e lá mais uma resposta de Deus, pois o evangelho do dia falava justamente sobre a instituição da igreja feita pelo próprio Jesus à Pedro dizendo: Pedro, tu és pedra, e sobre esta pedra EDIFICAREI A MINHA IGREJA!! Chorei a missa inteira, e ao final dela, conheci o padre Weber, que se tornou o meu pai espiritual e foi ao longo do último ano de 2016 me ensinando sobre a igreja de Cristo e esclarecendo as dúvidas que ainda restavam..
Em abril de 2017 durante a vigília pascal, dei mais um passo importante na fé, um tesouro precioso estaria em mim e eu Nele, Jesus Eucarístico, Verdadeiro Pão da Vida! Me sinto totalmente completa! Encontrei o que tanto procurava!!!
Eu quis desistir de mim mesma para que Deus realizasse os sonhos Dele em mim. E Ele me surpreendeu, me dando muito mais do que eu esperava!
- Letícia Alencar, Católica Apostólica Romana!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.