URGENTE:Padre da Paróquia São Pedro está desaparecido há 17 dias - Front catolico

URGENTE:Padre da Paróquia São Pedro está desaparecido há 17 dias





O padre participou normalmente das celebrações da Semana Santa e na terça-feira após a Páscoa, no dia 23 de abril, deveria estar em uma comunidade da paróquia para celebrar missa, mas não compareceu. No dia seguinte (24), voltou à casa paroquial sem dar explicações sobre a ausência no compromisso e depois saiu. “De quarta à tarde em diante não apareceu mais”, disse um funcionário, segundo relato da Diocese de Campo Limpo (à qual é ligada a paróquia).


De acordo com a Diocese, o padre Carlos passou a telefonar para parentes de Rosivaldo, mas não teve informações sobre o sacerdote, e registrou ocorrência na 1ª Delegacia de Taboão. Ele relatou à polícia que Rosivaldo deixou a casa paroquial com o próprio carro, um Fox 1.6 Prime GII prata de placa NRJ 4720, de Taboão da Serra,, no dia 22 de abril, na parte da manhã, sem informar para onde ia, e que não tinha qualquer informação de onde o padre poderia estar.
Padre Carlos contou que é a primeira vez que Rosivaldo deixa a paróquia sem dizer o destino, daí que “se faz necessário o registro”. Há divergência sobre datas, enquanto o funcionário disse que Rosivaldo esteve na paróquia no dia 24 e só depois não foi mais visto, padre Carlos relatou que o vigário sumiu na segunda dia 22. A paróquia disse que padre Carlos registrou a ocorrência 48 horas depois do desaparecimento do padre, mas o BO tem data de 2 de maio.


Segundo a Diocese, a paróquia está “monitorando” o WhatsApp de Rosivaldo para ver se fica “online”, mas até agora sem sucesso. O VERBO constatou que o sacerdote visualizou pela última vez no dia 22 de abril às 12h20. Fiéis estão estranhando que a paróquia não esteja divulgando o desaparecimento do padre, por ajuda para ser localizado. Contatado pela reportagem, padre Carlos disse que aguarda o bispo da Diocese chegar de viagem para tratar do caso.
“Eu estou esperando o meu bispo chegar para que a gente possa fazer alguma coisa oficial, ele pediu para que não falássemos nada. Eu tenho um superior eclesiástico, ele precisa analisar para saber a atitude que vai tomar”, disse padre Carlos. Ele afirmou esperar que o padre estivesse na paróquia na terça-feira (23), desde quando o considerou como desaparecido, e que fez o BO na “sexta” dia 26 – diferentemente das datas relatadas no registro da ocorrência.


De acordo com o boletim de ocorrência registrado por padre Carlos, responsável pela Paróquia São Pedro, essa é a primeira vez que está situação ocorre, e após procurar Serra entre conhecidos e possíveis locais onde o padre poderia estar sem resultado, ele decidiu registrar o boletim.
Quem tiver alguma informação que possa ajudar na localização do padre é só entrar em contato com polícia.
A reportagem entrou em contato com padre Carlos, que informou que a igreja irá se posicionar oficialmente após uma reunião com a Diocese Campo Limpo.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.