Radicais atacam duas escolas catolicas na India - Front catolico

Radicais atacam duas escolas catolicas na India




 



No país de maioria hindu, cristãos são perseguidos ainda que a Constituição indiana garanta a liberdade religiosa

Grupos radicais hindus atacaram duas escolas cristãs na Índia em um espaço de apenas três dias, mostrando como a minoria cristã vem sendo perseguida no país.
O primeiro ataque aconteceu em 23 de abril contra a Escola Primária Cristo, localizada no distrito de Palghar, em Maharashtra. Grupos radicais paramilitares ligados ao Antarrashtriya Hindu Parishad resolveram atacar o prédio após falsas acusações de conversão ao cristianismo contra 14 professores.


Leia mais...
Dois dias depois, em 25 de abril, a a Escola Secundária Superior de São José, localizada em Sugnu, no distrito de Chandel, foi incendiada em resposta a uma medida disciplinar imposta por parte da direção da escola.
O padre Jacob Chapao, diretor da Organização da Juventude Católica de Manipur, condenou o incêndio classificando-o como um “bárbaro ato de vandalismo”.


Já o presidente do Conselho Global de Cristãos Indianos, Sajan K George, analisou os ataques como “alarmante” e declarou que isso prova como a “minoria cristã é vulnerável e sofre a intimidação da maioria” hindu na Índia, país que garante a liberdade religiosa em sua Constituição. As informações são da Asia News e Aleteia.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.