O padre Fábio de Melo, padre Alessandro Campos e padre Marcelo Rossi lutam para enfrentar problemas semelhantes. Entre outros sacerdotes, eles são os que mais fazem sucesso no Brasil por conta do carisma, que cativam muitas pessoas. A vida de celebridade não é fácil e nem tudo são flores.
Há quem pense que, por eles serem bem sucedidos na carreira eclesiástica, tendo reconhecimento do público, tudo sempre vai bem; o que não é verdade. Os três são mal interpretados por algumas pessoas, gerando muita repercussão negativa nas redes sociais e mídias em geral.


Os três padres já foram alvos de críticas e julgamentos. Padre Fábio divulgou seu estado de saúde, dizendo que já sofreu com síndrome do pânico e depressão, sendo alvo de julgamentos. Padre Marcelo também já sofreu com depressão, que lhe gerou ganho de peso e muita especulação, além de críticas.
Recentemente, padre Alessandro foi criticado por ter supostamente tratado mal algumas pessoas, em especial as idosas, o que ele rebateu, afirmando não ser verdade. O problema é que uma pessoa que está em evidência passa a ser observada o tempo todo, e apenas uma frase ou opinião sobre algum assunto já pode gerar polêmica.


Esse parece ser o problema que a maioria das celebridades enfrenta, sendo alvo de fofocas e especulação. Muitas pessoas boas surgem, dando apoio, mas também aparecem muitas com inveja, desejando o mal, só porque não concordam com algo que o padre falou ou alguma atitude que ele teve; mesmo que isso não prejudique ninguém.
Assim como Jesus não agradou a todos, os padres e os famosos em geral parecem ter de lidar com isso, enquanto tiverem uma vida pública.