João de Deus sofre duro golpe, contrai nova doença e Justiça intervém na sua condenação - Front catolico

João de Deus sofre duro golpe, contrai nova doença e Justiça intervém na sua condenação








 A justiça decidiu aumentar novamente a permanência do médium João Teixeira de Faria, conhecido por João de Deus, em uma unidade de tratamento neurológico na cidade de Goiânia. Ele acabou sendo detido em dezembro do ano passado, após o surgimento de centenas de acusações contra ele em casos de abusos contra fiéis. 


No último dia 22 de março, a Justiça liberou a sua saída da prisão, a fim de que ele pudesse ser internado no Instituto de Neurologia de Goiânia. Ele trata de um quadro de aneurisma abdominal e, sob a alegação de sigilo hospitalar, os médicos não divulgam o seu real estado de saúde.
O magistrado que proferiu a decisão em estender por mais 30 dias o prazo de internação de João de Deus é o ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça. Ele contemplou o pedido vindo da defesa do médium, os quais alegavam vários problemas de saúde, tais como pressão arterial e um aneurisma da aorta abdominal.


João de Deus contrai nova doença após internação

No mês passado, os médicos da Instituição onde o médium encontra-se internado solicitaram também para a Justiça um aumento do prazo concedido para a sua internação. A alegação é que ele teria contraído uma pneumonia.
João de Deus estava preso de forma preventiva desde o dia de 16 de dezembro de 2018. Várias acusações pairam sobre o religioso, tais como violação mediante fraude, além de abuso de vulnerável.


Vários casos vieram à tona, sobretudo na imprensa nacional, após o surgimento de várias mulheres que alegaram ter passado momentos de terror nas mãos do homem, após buscarem tratamento espiritual em sua instituição, localizada em Abadiânia, no estado de Goiás.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.