Por que sentimos sono ao rezar?




 

Quem nunca cochilou ou pegou no sono profundo enquanto estava rezando? Será que isso é pecado?

Você começa a rezar, e logo pega no sono? Ou, pelo menos, começa a bocejar sem parar e sente aquela vontade de espreguiçar?  Saiba que esse comportamento é muito comum. Até o Papa Francisco revelou que, às vezes, pega no sono enquanto reza.
Leia também:
Mas será que isso está certo? É pecado dormir enquanto rezamos? Por que rezar dá sono?
O padre Lucas Emanuel falou sobre o assunto em um programa da Rádio Aparecida. 
Segundo o sacerdote, o sono está relacionado ao sentimento de paz que a oração proporciona. 
“A oração, por si só, deve ser uma prática que nos acalma. Acalma porque nos mostra a presença confortadora de Deus, que nos acolhe em nossas necessidades. Talvez seja por isso que o sono vem”, explica o padre. 


E será que devemos nos sentir culpados se pegarmos no sono enquanto rezamos? Veja o que diz o religioso: “Não é nenhum pecado dormir rezando. A minha avó até dizia que os anjos terminam a oração para nós”.
Mas o padre alerta: “se você quer ter uma experiência com Deus livre do sono, escolha um momento favorável para a sua oração, um momento em que você está mais desperto”.
Então, se você dormir enquanto reza, agradeça a Deus pela paz que ele está te proporcionando. Não deixe de rezar, pensando que vai dormir; reze e durma, se o sono vier. Deus nos conhece e nos acolhe. 



 São Geraldo Majella diz que tudo que se faz com amor é oração."Rezar é permitir que Deus participe de tudo conosco, é estar em sintonia com Ele. Então, se dormir enquanto reza, agradeça a Deus pela paz que Ele te dá, pelo conforto que Ele te oferece, pela confiança que Ele te inspira. Reze e durma se o sono vier, pois Deus nos conhece e nos acolhe
Com informações do site A12

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba o que são pecados mortais e quais são os mais comuns

Morreu nessa quarta aos 54 anos de covid-19 padre da Paróquia São João Batista

LUTO:Faleceu na madrugada dessa quarta padre da paróquia Nossa Senhora,vítima de covid-19