LUTO:Monsenhor Manuel Feitosa morre na madrugada desta quinta-feira - Front catolico

LUTO:Monsenhor Manuel Feitosa morre na madrugada desta quinta-feira




Natural da região do Cariri, Feitosa se engajou em lutas com a comunidade durante os 60 anos de sacerdócio

Na décade de 1980, Feitosa recebeu as bençãos do padre João Paulo II no estádio Castelão. 

Nota de pesar pelo falecimento do Monsenhor Manuel Alves Feitosa

O bispo da Diocese de Crato, Dom Gilberto Pastana, emitiu uma Nota de pesar pelo falecimento do Monsenhor Manuel Alves Feitosa, que aconteceu na madrugada desta quinta- feira, dia 28 de março, em Crato. Ele tinha 87 anos e faleceu em sua residência, localizada em Crato, vítima de morte súbita.


Na nota dom Gilberto agradece o legado espiritual deixado pelo sacerdote e expressa palavras de esperança a todos aqueles que conviveram com o sacerdote e contribuíram com o exercício do seu ministério. “Inspirados no legado espiritual deixado a todos nós, possamos renovar nossa esperança na ressurreição de Cristo que exterminou a morte, suscitando a vida em plenitude”.
Dom Gilberto saudando o Monsenhor Manuel Feitosa. (Foto: Reprodução)
O velório acontece durante toda esta quinta- feira, na Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Crato. Amanhã cedo o corpo será transladado para a Catedral Nossa Senhora da Penha, na mesma cidade, onde acontece a Missa com Exéquias, às 8h, seguida do sepultamento na própria Catedral.


Leia a Nota na íntegra:
Nota de pesar pelo falecimento do Monsenhor Manuel Alves Feitosa
A diocese de Crato manifesta seu pesar pelo falecimento do Monsenhor Manuel Alves Feitosa, ocorrido na madrugada desta quinta-feira, dia 28 de março. Ele tinha 87 anos, e era um dos padres mais antigos da nossa Igreja Particular.
Nascido em Arneiroz, no sertão dos Inhamus, em 27 de novembro de 1931, chegou a Crato, aos oito anos, com um único objetivo: estudar para ser padre. Foi motivado pelo tio, Monsenhor Antonio Feitosa, professor do Seminário Diocesano São José.


Ao ser ordenado sacerdote, em 8 de dezembro de 1959, foi nomeado vigário paroquial da Sé Catedral Nossa Senhora da Penha, em Crato. No ano de 1967 assumiu, como pároco, a Paróquia Santo Antônio, em Jardim. Também exerceu o ministério sacerdotal nas seguintes paróquias: São Vicente Ferrer, em Lavras da Mangabeira, Nossa Senhora das Dores, em Assaré, e Nossa Senhora de Fátima, em Crato. Seus últimos anos permaneceu em Crato. Sua atuação deu-se, principalmente, junto às crianças e a juventude, com atenção especial ao campo da educação.
Inspirados no legado espiritual deixado a todos nós, possamos renovar nossa esperança na ressurreição de Cristo que exterminou a morte, suscitando a vida em plenitude.
Unimo-nos aos fiéis na oração pela Páscoa do Monsenhor Manuel e enviamos nosso abraço fraterno a todos.
Em Cristo,

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.