Padre Fábio de Melo é criticado no Twitter e rebate: ‘Parar de seguir também não é pecado’ - Front catolico

Padre Fábio de Melo é criticado no Twitter e rebate: ‘Parar de seguir também não é pecado’







Padre Fábio de Melo resolveu responder a alguns seguidores, na noite deste sábado (23). Durante a conversa, ele respondeu a críticas e sugeriu que parassem de segui-lo.




Tudo começou quando Luciano Hang postou um vídeo, dizendo que um vice-prefeito teria quebrado um radar móvel propositalmente. O padre então comentou: “Vandalizar um bem público, que foi pago com o dinheiro do povo, não me parece justo.

Autoridades usam canetas para aprovar ou revogar decisões, não pontapés. Reabilitar comportamentos primitivos, neste tempo em que a barbárie bate diariamente à nossa porta, é um desserviço social”. Vendo a crítica do padre, um seguidor respondeu “É pecado achar um Padre chato p caramba?”.

Padre Fábio de Melo logo comentou: “Não, nenhum! Inclusive parar de seguir também não é pecado. Ou você segue porque gosta de sofrer? Se sim, tenho sugestão de terapeutas”. Porém, a discussão maior foi alguém que se apresenta como DBA e diz em seu perfil que é um “cidadão de bem”. “ele nao e padre de verdade é, é tipo so uma fantasia ne ?”, debochou DBA. Padre Fábio ironizou: “Não, cidadão de bem e pai de família, padre não usa fantasia. Precisa estudar um pouco mais sobre o assunto”. Não satisfeito, o homem voltou a retrucar o padre: “so perguntei gente, porque nao vejo video dele em paroquia, rezando missa, ajudando pessoas, so em festas e baladas, pintou a duvida, so isso”. “Cidadão de bem e pai de família, já que se mostra interessado em elucidar suas dúvidas, digo-lhe que as pessoas não podem ser reduzidas aos vídeos que delas vemos. Do senhor, por exemplo, nunca vi nenhum vídeo. E isso não significa que o senhor não exista”, respondeu Padre Fábio de Melo


Read more at: https://www.horabrasil.com.br/106432/padre-fabio-de-melo-e-criticado-no-twitter-e-rebate-parar-de-seguir-tambem-nao-e-pecado/
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.