Padres se juntam contra Maduro e colocam sinos das Igrejas para tocarem. "Nuestra Senora Dele Coromoto"









Os cidadãos da Venezuela saíram às ruas neste dia 23 de janeiro para expressar sua rejeição ao ditador Nicolás Maduro.

Os sacerdotes da capital Caracas também demonstram seu apoio ao protesto que foi convocada pela Assembleia Nacional da Venezuela.
No bairro de El Paraíso, os sinos do “Santuário de Nossa Senhora de Coromoto” soaram em apoio aos cidadãos que tomaram as ruas da cidade.
O sacerdote agostiniano Rafael Hernández explicou que o som dos sinos é uma forma de apoiar o sentimento das pessoas que pedem liberdade.
“A voz dos sinos é também a voz de Deus que se manifesta na escuta deste povo que pede a paz e a reconciliação do nosso país, a Venezuela”, afirmou ao jornal “El Nacional“.


O padre indicou que grupos de diferentes comunidades religiosas estão ao lado do povo venezuelano.
“As pessoas precisam de liberdade, em face de tanta miséria, diante de tanta fome, estamos acompanhando nosso povo que caminha e faz peregrinações”, acrescentou.


Postagens mais visitadas deste blog

Saiba o que são pecados mortais e quais são os mais comuns

O Evangélico que desafiou Nossa Senhora:“Se Maria provar que ela existe, eu me converto ao catolicismo”

LUTO:Aos 58 anos morre no Rio de janeiro o ator Eduardo Galvão