Páginas

Page

quinta-feira

Presidente das Filipinas incentiva matar bispos catolicos: “não servem para nada”




Declarações soarem ofensivas, já que 85% da população é católica.



O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, voltou a atacar os bispos católicos. Classificando-os de “inúteis”, encorajou que eles fossem mortos.
“Os bispos de vocês, matem-nos. Esses bastardos não servem para nada. A única coisa que sabem fazer é criticar”, disparou Duterte na noite de quarta-feira (5), em um discurso na capital Manila.


Ainda segundo o presidente, a Igreja Católica é a instituição “mais hipócrita do mundo” e insistiu que 90%dos seus sacerdotes são gays.

Nas Filipinas, 85% da população é católica.
Por sua vez, a Conferência dos Bispos Católicos das Filipinas minimizou: “Não queremos acrescentar mais lenha à fogueira.Qualquer comentário só exageraria o assunto”, afirmou seu porta-voz, Jerome Seciliano.


Duas semanas atrás, o presidente havia insultado os sacerdotes católicos, ao declarar aos filipinos que não deveriam ir à igreja para “fazerem papel de idiotas”.
Em julho, ele afirmou que Deus era um idiota, mas negou que seja ateu, dizendo acreditar em uma “mente universal”, que seria o Deus da Bíblia