Papa nomeia legado pontifício para a posse de Jair Bolsonaro





















Será Dom Andrés Carrascosa Coso, Núncio Apostólico do Equador

Por ocasião da posse do presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), em 1º de janeiro, o Papa Francisco nomeou como legado pontifício Dom Andrés Carrascosa Coso, Núncio Apostólico do Equador.


O legado pontifício é um representante do Papa perante as Igrejas Particulares ou perante o Governo de um Estado, sempre enviados para uma missão extraordinária em nome do Pontífice, via a Secretaria de Estado do Vaticano.
A carta que trata da nomeação de Dom Andrés como legado pontifício para a posse de Jair Bolsonaro é datada de 20 de dezembro de 2018 e tem a assinatura do Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano







Postagens mais visitadas deste blog

Saiba o que são pecados mortais e quais são os mais comuns

O Evangélico que desafiou Nossa Senhora:“Se Maria provar que ela existe, eu me converto ao catolicismo”

LUTO:Aos 58 anos morre no Rio de janeiro o ator Eduardo Galvão