Acusado de abusos,medium João de Deus é queridinho de celebridades - Front catolico

Acusado de abusos,medium João de Deus é queridinho de celebridades


O escândalo com o médium mais midiático do País, João Teixeira de Faria, o João de Deus, não pegou os círculos religiosos de surpresa. Desde quando começou a ganhar fama entre as celebridades brasileiras, o médium já esteve envolvido em diversos casos controvertidos.



De acordo com o que publicou a revista Época, o médium já foi acusado, no passado, por atentado ao pudor, por contrabando de minério e até por assassinato. Em nenhum dos casos foi julgado culpado. Em nota, João de Deus rechaçou "veementemente" as acusações veiculadas no programa Conversa com Bial, no dia 7 de dezembro.

Atualmente, João de Deus está envolvido em três processos no Tribunal de Justiça de Goiás.

Na mesma onda de movimentos de denúncias contra abusadores sexuais, como o #MeToo e o #NãoéNão, a reportagem de Conversa com Bial traz à luz casos que envolvem João Deus e já anos estão na sombra.



No #MeToo, 500 mil mulheres expuseram o tamanho do abuso e do assédio no mundo. No Brasil, o caso de João de Deus evoca Roger Abdelmassih

O médico e o médium


As comparações entre Roger Abdelmassih e João Teixeira de Faria são inevitáveis.

Ambos atendiam pessoas em casos desesperados. Os que procuravam Abdelmassih queriam gerar vidas, os que iam a João de Deus procuram salvar a própria.

Ambos atendiam incontáveis casos de pacientes por dia. Abdelmassih nem sempre revelava seus números por razões junto ao Fisco, João de Deus sempre infla os números para atrair mais clientela.

A exemplo do que ocorreu com o paulista Roger Abdelmassih, após feita uma denúncia começaram a chover outras. Desde o início de 2009, diversas fontes da imprensa brasileira, inclusive este blog, noticiavam acusações de que o médico geneticista abusava sexualmente de diversas de suas clientes. Acusado de 52 estupros, Abdelmassih foi condenado a 23 de novembro de 2010, a 278 anos de prisão por 37 deles, por Kenarik Boujikian Felippe, juíza da 16ª Vara Criminal de São Paulo.

Consultamos o Tribunal de Justiça de Goiás. Há três casos que envolvem o médim. (foto acima)


Tanto Adelmassih quanto João Teixeira de Faria atendem em suas clínicas particulares. O primeiro o fazia numa chiquérrima clínica no bairro dos Jardins, em São Paulo. O médium atende na Casa Dom Inácio de Loyola, fundada por ele, localizada na pequena cidade de Abadiânia, que fica a cerca de 90 km de Goiânia.



Ambos já tinham fumaças de mau atendimento. Mas as vítimas sempre recearam a denúncia porque ambos têm “costas quentes” -- como apontou uma ex-funcionária da Casa Dom Inácio de Loyola que procurou a TV Anhanguera no sábado, 8 de dezembro.

As semelhanças param aí. Roger Abdelmassih médico efetivamente formado em medicina pela Unicamp, com registro no CRM e diversas especializações. João Teixeira de Faria estudou só até a segunda série do nível fundamental (que hoje equivaleria ao primeiro ano).

Roger Abdelmassih tinha dois filhos adotivos do primeiro casamento (médicos como ele) e um par de gêmeos, ainda menores, do segundo. João Teixeira Faria tem 11 filhos – cada qual com uma mulher diferente.

As celebridades batem à porta

Abelmassih e Teixeira de Faria também têm em comum serem queridinhos de políticos e celebridades.

Roger Abdelmassih ficou mundialmente famoso quando anunciou o nascimento dos gêmeos de Pelé com sua então mulher, Assíria, em 1996. Ele teve como clientes, o ex-presidente Fernando Collor, o humorista Tom Cavalcanti, o senador Renan Calheiros, a cantora Gretchen e o apresentador Gugu Liberato, que também teve filhas gêmeas.

João Teixeira Faria de Deus tornou-se conhecido quando Oprah Winfrey fez um programa de na TV Own (dela mesma), catapultando João de Deus aos altares das mediunidades internacionais

A seguir, você pode conferir a lista de celebridades (e outras nem tanto) atendidas por João de Deus na Casa Dom Inácio de Loyola em Abadiânia.

Os famosos que buscaram João de Deus

‘Pacientes’
  • Oprah Winfrey, apresentadora e jornalista norte-americana
  • Ram Dass, guru da contracultura, cujo nome verdadeiro é Richard Alpert, o primeiro estrangeiros que antes de Oprah exaltou João. Ram Dass é um psiquiatra que lecionou em Harvard, mas aderiu às drogas psicodélicas que eram incentivadas por Timothy Leary e pelo poeta beat Allen Ginsberg


  • Naomi Campbell, modelo norte-americana
  • Shirley MacLaine, atriz norte-americana
  • Xuxa Meneghel, apresentadora brasileira
  • Fábio Assunção, ator brasileiro
  • Claudia Raia, atriz brasileira
  • Paul Simon, músico e compositor norte-americano
  • Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente, fez cirurgia espiritual em pelo menos, três encontros com o médium, em Abadiânia e em São Paulo e realizou um tratamento para um câncer de laringe.
  • Dilma Roussef, ex-presidente brasileira tratou-se com a agua fluidificada de João de Deus para tratar do câncer, em 2008
  • Hamilton Pereira, que era prefeito prefeito de Abadiânia quando o médium resolveu construir ali seu hospital, nos anos 1970. Hoje é o diretor financeiro da casa Dom Inacio de Loyola
  • Anna Muylaert, diretora de cinema
  • Juliana Paes, atriz brasileira
  • Marina Abramovic, artista performática
  • Giovanna Antonelli, atriz brasileira
  • Luís Roberto Barroso, juiz do STF
  • Dias Toffoli, atual presidente e juiz do STF 
  • Carlos Ayres Britto, ex-juiz e ex-presidente do STF
  • Marcos Frota, ator brasileiro
  • Nizan Guanaes, publicitário
  • Ronaldo “Fenômeno”, ex-jogador de futebol que visou o médium em 2018, acompanhado da namorada, a modelo Celina Locks

Já falecidos
  • Chico Anysio (1931-2012), humorista, ator e produtor brasileiro
  • Hugo Chávez (1954-2013) ex-presidente da Venezuela, político e militar
  • Marcelo Rezende (1951-2017), jornalista e apresentador brasileiro, quem, segundo relatos, ouviu de João de Deus o conselho para seguir a “dieta do câncer” do médico cardiologista e nutrólogo, Lair Ribeiro.
  • Wayne W. Dyer (1940-2015), escritor norte-americano, porta-voz da literatura de auto-ajuda, a quem João de Deus tratou de uma leucemia 


Admiradores
  • Roberto Kalil, cardiologista do Hospital Sírio-Libanês
  • Jeffrey Rediger, professor de psiquiatria da Universidade Harvard (esteve em Abadiânia, entre 2003 e 2005)
  • Henri Tjiong, pesquisador e professor de política energética da Universidade Stanford 

    Essas personagens são São citadas como “admiradores” no livro João de Deus: Um médium no coração do Brasil 

João de Deus já atendeu no Omega Institute, em Rhinebeck, Nova York. “Em setembro de 2015, atendeu 9 mil pessoas em apenas três dias.” Ele também trabalha na Áustria, na Austrália e na Alemanha, revela o livro da historiadora Maria Helena.

Com G1, Correio Braziliense, Época, Estadão, Metrópole
Bibliografia: João de Deus: Um médium no coração do Brasil , da historiadora (USP) Maria Helena Pereira de Toledo Machado - ISBN: 9788543807133

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.