No supermercado, o cartão desse homem não passou e uma mulher pagou suas compras




Ou seria um anjo?


cartão

“Transição não autorizada”. Quem nunca ficou em pânico ao passar o cartão e ler isso, que atire a primeira pedra! Mas no caso desse homem, ele teve uma ajudinha que todos gostaríamos de ter quando passamos por essa situação constrangedora.


Ele estava em um caixa, no Walmart, em San Antonio, no Texas, e com o carrinho cheio de mantimentos, mas quando o seu cartão não passou por falta de crédito, ele ficou totalmente sem reação e desesperado.
Ele explicou não ter outro meio para pagar os mantimentos e no mesmo instante, uma mulher que estava no meio da fila foi para a frente e se ofereceu para pagar a conta, entregando o próprio cartão à atendente.


A atendente e as pessoas que esperavam na fila elogiaram a bondade da mulher, embora ela mesma não tenha achado nada de especial o seu gesto. O que ela aceitou apenas foi um abraço do homem ajudado.

Seu gesto foi gravado por uma cliente que estava no Walmart, Anna Melissa Olivarez.
Ela postou nas redes sociais e contou o que viu:
“Eu disse a ela o quão doce foi testemunhar aquilo e ela disse ‘nós devemos nos ajudar uns aos outros’”, escreveu Olivarez.


“Ela não me contou o nome dela, então eu disse que a iria chamar de anjo de San Antonio”. concluiu.
Uma mulher chamada Marysol Imler assistiu ao vídeo e reconheceu a mulher. Disse que ela se chama Annette Morrison e que ela era sua diretora de ciências.
“Essa é a minha diretora de ciências, ANNETTE MORRISON !!!! ela é verdadeiramente um anjo”, escreveu.


Em um mundo onde frequentemente vivemos com pressa, e nesse caso, onde a maioria das pessoas estaria reclamando da demora na fila, fica o convite para refletirmos sobre essa história e sobre nossas prioridades na vida.
Via
Foto: reprodução

Postagens mais visitadas deste blog

Saiba o que são pecados mortais e quais são os mais comuns

Morreu nessa quarta aos 54 anos de covid-19 padre da Paróquia São João Batista

LUTO:Faleceu na madrugada dessa quarta padre da paróquia Nossa Senhora,vítima de covid-19