Falsa missionária aplica golpes que podem chegar a R$ 500 mil - Front catolico

Falsa missionária aplica golpes que podem chegar a R$ 500 mil






Uma mulher que já morou em Goioerê e hoje reside em Tapejara está sendo acusada de estelionato e curandeirismo por se passar por missionária para pedir dinheiro a pessoas que acreditavam que ela tinha o poder de realizar milagres.
  Segundo informações levantadas pela Polícia Civil de Goioerê, a falsa missionária abordava evangélicos em igreja e em suas casas e se dizia enviada por Deus, que fazia milagres e recebia revelações. Isso estaria acontecendo em Goioerê e também em outras cidades da região.


A mulher induzia as pessoas a acreditar que tinha poderes e depois começava a fazer solicitação de dinheiro. Dizia que estava com problemas financeiros e pedia ajuda.
Quando a ajuda não era dada, a missionária “recebia” mensagens de coisas ruins para a vida das pessoas, mas dizia que iria orar para que aquilo não acontecesse, forçando algum favorecimento.
 

A mulher solicitava ajuda em dinheiro para pagar materiais para uma obra que estava fazendo em sua casa em Tapejara, pedia para a vítima abrir uma conta em supermercado para ela comprar alimentos e até para pagar a prestação do carro.
A pretexto de ter intimidade com Deus, a falsa missionária coloca as vítimas em um contexto de dependência e medo. Se ela orasse nada de ruim acontecia na vida da vítima, já que “era um instrumento de Deus”, evitava coisas ruins e atraía coisas boas.


Os golpes chegaram a valores altos e somente de duas famílias de Goioerê ela conseguiu pegar aproximadamente R$ 50 mil. Há notícias de valores maiores de outras pessoas que ainda não foi levado à polícia.
A mulher, que supostamente agia em conjunto com um casal de filhos, foi indiciada por estelionato e curandeirismo. O nome dela não foi divulgado pela polícia.
Fonte: GoioNews

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.