Bono Vox,vocalista do U2 chama Bolsonaro de “demônio” em show - Front catolico

Bono Vox,vocalista do U2 chama Bolsonaro de “demônio” em show







Bono vem usando seu personagem MacPhisto para comentar sobre política na turnê atual




Na turnê atual do U2, o vocalista da banda, Bono, voltou a encarnar o personagem MacPhisto, corruptela de Mefistófeles, um dos nomes dado ao diabo. Através do uso de tecnologia de captura facial, ele se transforma no palco num demônio e faz comentários políticos.


Nas últimas semanas, durante os shows da turnê “Experience & Innocence” o cantor vem nomeando aqueles políticos que fariam parte do “exército de MacPhisto”. Na noite de domingo (28), durante a apresentação do U2 em Belfast, na Irlanda do Norte, ele atacou novamente os presidentes Donald Trump (EUA), Rodrigo Duterte (Filipinas) e o recém eleito  Jair Bolsonaro (Brasil)


 



“O que vocês estão olhando? Nunca viram um político antes?”, perguntou Bono. “Os demônios de McPhisto estão tomando o poder ao redor do globo. Meu tipo de pessoa, como Donald, fazendo a América odiar novamente. Meu bonitão filipino, Rodrigo Duterte. Mesmo hoje, nesse dia de eleição. Duzentos milhões de pessoas prestes a ter seu carnaval transformado numa parada militar por um homem chamado Capitão Bossa Nova. Bolsonaro, não esqueçam o nome. Eles têm muitos nomes, mas apenas um rosto: o meu”, discursou, em meio a gargalhadas.


O trecho, gravado por um fã da banda, vem se espalhando pela internet.
Dizendo-se amigo de Lula, Bono foi um entusiasta do governo petista, a quem chamou de “tesouro global”.


Assista (legendado):



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.