As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos especialmente neste outubro - Front catolico

As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos especialmente neste outubro







A insistência de Francisco não deveria surpreender: afinal, é fato visível e tangível que a humanidade está profundamente necessitada de oração

Papa Francisco tem pedido de modo reiterado que, neste mês de outubro, os católicos do mundo inteiro rezem muito. Ele sempre pede orações, é claro, inclusive por ele próprio, mas a especial “insistência” neste mês recém-iniciado tem chamado as atenções. Isto não deveria surpreender: é fato visível e tangível que a humanidade está profundamente necessitada de oração.


Para este outubro, Francisco pediu em particular que rezemos estas 3 orações:

1 – O Rosário

Outubro é um mês especialmente dedicado ao rosário. Aproveitando esse contexto, o Papa pediu de modo explícito que rezemos o terço todos os dias – pedido já feito com veemência pela própria Santíssima Virgem nas suas aparições em Fátima.



2 – “Sob a vossa proteção”

A tradicional oração de pessoal confiança nas mãos de Maria foi enfatizada pelo Papa Francisco, que nos recomendou rezá-la no final de cada terço. Essa prece tem duas versões comuns em português e qualquer uma delas é perfeitamente válida:


?

Versão 1:

À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas
em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre
de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita.
Amém.


Versão 2:

Sob a vossa proteção nos refugiamos,
Santa Mãe de Deus.
Aos nossos pedidos,
não fecheis vossos ouvidos.
Somos todos tão necessitados!
Livrai-nos sempre de todo perigo,
Virgem Gloriosa, por Deus abençoada.
Amém.

Original em latim:

Sub túum praesídium confúgimus,
Sáncta Dei Génetrix;


nóstras deprecatiónes ne despícias
in necessitátibus nóstris,
sed a perículis cúnctis
líbera nos sémper,
Vírgo gloriósa et benedícta.
Ámen.

3 – Oração a São Miguel Arcanjo

O Papa também pediu que rezemos ao final do terço a poderosa súplica ao anjo guerreiro de Deus, São Miguel. Esta prece tradicionalíssima, que se tornou conhecida como o “Pequeno Exorcismo”, também conta com diversas versões em português:


Versão 1 (mais comum no Brasil):

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate; sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.


Versão 2 (mais comum em Portugal):

São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate, sede o nosso auxílio contra as maldades e as ciladas do demónio. Instante e humildemente vos pedimos que Deus sobre ele impere. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, com esse poder divino, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para perdição das almas. Ámen.

Em latim:

Sancte Míchael Archángele, defende nos in praelio, contra nequítias et insídias diáboli ésto praesídium: Ímperet ílli Deus, súpplices deprecámur, túque, Prínceps milítiae caeléstis, sátanam aliósque spíritus malignos, qui ad perditiónem animárum pervagántur in mundo, divina virtute in infernum detrude. Ámen

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.