Padre queima bandeira do movimento GAY e diz que a homossexualidade é uma das causas de abusos na Igreja - Front catolico

Padre queima bandeira do movimento GAY e diz que a homossexualidade é uma das causas de abusos na Igreja




 

Padre planejava inicialmente queimar a bandeira em 29 de setembro, mas a arquidiocese de Chicago disse que ele não teria permissão para o ato

 

Paul Kalchik, um padre da Paróquia da Ressurreição Católica em Chicago, declarou que os abusos na Igreja Católica são "definitivamente coisa de gay". Agora, enfrenta polêmica também por ter queimado uma bandeira arco-íris, utilizada pelo movimento LGBTQ, em sua igreja durante uma cerimônia de "exorcismo" — segundo a "NBC News".

O padre planejava inicialmente queimar a bandeira em 29 de setembro, mas a arquidiocese de Chicago disse que ele não teria permissão para o ato.

Apesar de ter sido advertido, Kalchik decidiu cortar a bandeira em sete pedaços na última sexta-feira e depois a queimou, iniciando uma oração em que dizia que o fogo era "o mesmo da fogueira que usamos para a Missa da Vigília Pascal", relatou a emissora.

Um testemunha relata  que depois desse ato que revoltou o movimento gay de Chicago
"Houve ameaças de morte contra ele e até mesmo contra seus pais idosos, e muitas ameaças de vandalismo à Igreja"

 

FONTE: https://chicago.suntimes.com

 



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.