Aparição de Nossa Senhora das Graças em Fervedouro-MG comove católicos, e relatam curas - Front catolico

Aparição de Nossa Senhora das Graças em Fervedouro-MG comove católicos, e relatam curas



Aparição de Nossa Senhora das Graças em Fervedouro-MG comove católicos, e relatam curas


Roberto de Lima Valentim, 48 anos, morador do Córrego Boa Vista distrito de Fervedouro, relata ver e conversar com Nossa Senhora das Graças, que segundo o mesmo a própria Santa teria se identificado. 


Após a narração do aparecimento, dezenas de pessoas da comunidade o acompanham até o local, onde são realizadas leitura da Bíblia Sagrada e orações de novena. Segundo os seguidores, pessoas doentes já estão sendo curadas. 






Segue o relato de Roberto:

“Em um dia de serviço qualquer, pelo menos até o momento trabalhava de trator roçando, tudo fluía naturalmente até a hora que não conseguia roçar um certo local, sempre que eu tentava passar o trator ele parava ou se jogava para o lado, mas não conseguia roçar a terra, desci para ver o que havia no local, foi quando me deparei com a 1ª aparição: ela toda de branco na minha frente estava. Dei Graças!

A partir deste dia, sempre que eu passava pelas proximidades eu a via, tentava me comunicar e ela sumia, então não sabia quem ela era, curioso com a situação procurei fundamentos com os vizinhos mais velhos, ouvi muitas histórias e me incentivaram a perguntar quem era.

No dia seguinte, 19 de novembro, passando na propriedade onde acontece, acho uma medalha e coloco no bolso e fui a caminho de casa onde decidi passar por um atalho onde passaria por uma ponte, mas quando cheguei perto não conseguia ver a ponte, ela não estava mais ali, tive que dar a volta pelo caminho mais longo, onde passaria perto do local das aparições e assim fiz, fui caminhando e no local avistei duas crianças brincando, me assustei pois duas crianças no meio do mato, foi quando disse “Nossa Senhora”e naquele momento as crianças sumiram e ela se pôs ao meu lado, perguntei qual era seu nome e ela disse que estava no meu bolso.

Pensativo fui para casa, pois a resposta estava no meu bolso? Sim, no meu bolso estava a medalha, porém tão pequena não conseguia ver nada, com uma lupa improvisada li “O Maria concebida sem pecado”, mostrei minha esposa e fomos à procura de seu nome até o momento que ela me mostra uma imagem e era ela, Nossa Senhora das Graças.



Justamente dia 19 de novembro, é a data que se inicia a novena pois seu dia é 27 e assim eu fiz, iniciei a novena e coloquei um copo com água, copo esse que no 3º dia da novena encheu de raios luminosos e a partir desse dia, sempre que faço um pedido aparece os raios.




Com isso minha espiritualidade cada vez mais se aflora, passei à ir a seu encontro cada vez mais e sentia a necessidade de falar com as pessoas, porém meu medo era grande de negação pois com pouco que eu relatava me diziam que estava doido, que estava doente, depressão talvez. E isso me deixava triste e receoso pois não falava mentira, até o dia que fiz uma viagem a BH onde encontrei um padre e desabafei e depois de contar tudo que acontecia, dos meus medos, não ouvi outra coisa dele a não ser “Divulgue Roberto, essa e sua missão, você é um iluminado o intercessor de Nossa Senhora!” É o que venho fazendo, divulgo sem medo, levo fiéis, rezo e assim graças já estão sendo concebidas. Mas isso é só o começo!”


Após 1 ano das aparições, uma Santa Missa foi celebrada no local em ação de graças:


Nesse local tem uma água abençoada, que tem fé pode vê dentro da garrafa a imagem da Santa.


Os olhares das crianças também são registrados pelos fieis, que impressionam:

Confira essa reportagem feita por uma emissora de tevê local:

 


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.