Sacerdote de 83 anos fica paralítico após ser selvagemente agredido por brasileiros - Front catolico

Sacerdote de 83 anos fica paralítico após ser selvagemente agredido por brasileiros



 

 

Dois jovens brasileiros espancaram o padre idoso dentro da sua própria igreja, numa paróquia estrangeira

O pe. Antonio Rodríguez, de 83 anos, era pároco da igreja de Santa Rita na cidade espanhola de Vigo, situada na Galícia. Em outubro do ano passado, dentro da sua própria igreja, ele sofreu uma agressão estarrecedora: dois jovens o espancaram a tal ponto que o sacerdote idoso ficou paralítico.
A agência católica ACI Digital informa, com dados publicados pelo jornal La Voz de Galicia, que os dois agressores foram identificados: trata-se dos brasileiros Alison Lucas B. e Iago S.

Devido à espantosa gravidade das lesões, a defesa do padre Antonio e de sua irmã, também vítima, está processando os bandidos em mais de meio milhão de euros para cobrir os gastos de atenção e cuidados. O sacerdote sofreu severos danos neurais e um derrame cerebral e os médicos precisaram submetê-lo ao coma induzido. O pe. Antonio está hoje com 95% do corpo imobilizado, em cadeira de rodas e totalmente dependente dos cuidados de terceiros. Apesar de ainda conseguir falar, o pe. Antonio passará o resto da vida imobilizado, de acordo com os peritos médicos que o acompanham.
Paroquianos testemunharam que um dos delinquentes fingiu pedir o sacramento da confissão. Ao ser atendido, ele exigiu que o padre lhe entregasse o relógio enquanto o outro criminoso o segurava por trás. Os dois bandidos começaram a agredi-lo na boca e na cabeça.
Os ladrões levaram o relógio, a carteira e até os óculos do sacerdote, além de objetos de valor que estavam na igreja e do dinheiro que o pe. Antonio costumava separar para doar comida aos pobres.
_________
Com informações da agência ACI Digital
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.