Famosos se manifestam contra a legalização do aborto - Front catolico

Famosos se manifestam contra a legalização do aborto


Celebridades pró-vida pedem que projeto do PSOL seja negado

Enquanto o Supremo Tribunal Federal (STF) discute a possibilidade de legalizar o aborto até a 12ª semana de gestação, muitos se manifestam contra a proposta. Especialistas, políticos e celebridades usaram suas redes sociais para declarar seu posicionamento pró-vida.
– A militante disse que é inconcebível que um governo democrático proíba alguém de abortar. Mas inconcebível é que um governo permita o aborto de um filho já concebido! – assinalou o padre Zezinho.

– Vamos orar, Brasil. Acreditamos na intervenção de Deus e na luta dos nossos representantes para combater essa violência contra essas crianças tão indefesas – escreveu a cantora Lauriete.
Não foram apenas personalidades religiosas que se declararam pró-vida. A cantora Elba Ramalho publicou em seu Instagram a frase “eu fico com a pureza da resposta das crianças, é a vida, é bonita e é bonita”. Imediatamente, foi apoiada por outros famosos como a apresentadora Isabella Fiorentino.
– Liberar o aborto é abrir um precedente complicado: uma sociedade que investe contra a própria espécie. São crianças inocentes no ventre de uma mãe. No Movimento Pró-vida já salvamos mais de 300. Conheço a indústria do aborto e sei que é lucrativa. E não existe aborto 100% seguro. Até onde é legalizado morre gente. A humanidade vai tentar se autodestruir até chegar à boca do precipício – escreveu Fiorentino, citando uma entrevista de Elba Ramalho.
Outras celebridades que se declararam pró-vida são a pastora Ana Nóbrega, as cantoras Helena Tannure, Adriana Arydes e Nívea Soares. Confira na galeria













0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.