Estudo confirma que evangélicos acreditam que DEUS quer entrega de riquezas materiais - Front catolico

Estudo confirma que evangélicos acreditam que DEUS quer entrega de riquezas materiais




Estudo feito pela LifeWay Research nos Estados Unidos confirma que os evangélicos pagam o dízimo como se fosse uma aplicação financeira.

Eles de fato acreditam que o dinheiro retornará com correção.

Um terço dos 1.001 evangélicos entrevistados disse que suas congregações ensinam que Deus lhes abençoará se pagar o dízimo e fizer oferta.

Do total, 38% dos evangélicos concordam com a afirmação "Minha igreja ensina que, se eu der mais dinheiro para minha igreja e caridade, Deus me abençoará com retorno [financeiro]".


Dois terço deles afirmaram que Deus quer que eles prosperem.

O estudo vale também para o Brasil, onde a teologia da prosperidade se firmou tanto quanto erva daninha se alastra em qualquer tipo de solo.

Só pastores prosperam com a teologia da prosperidade.

 É fácil notar que a "'teologia' da prosperidade" busca transformar a sublime mensagem dos Evangelhos em apenas mais um item da malfadada cultura do consumo exacerbado, levando a uma fé individualista e egoísta, para a qual o mais importante é a satisfação pessoal, com o bem da coletividade relegado a segundo plano. A lógica da "'teologia' da prosperidade" se fundamenta nas promessas de sucesso material e financeiro para quem é fiel a Deus: ensina que o nível de sucesso depende do valor da contribuição financeira. Esse discurso apresenta, claramente, uma proposta de troca entre o fiel e Deus. E como Deus não vem pessoalmente receber as doações, elas devem ser entregues àqueles que se colocam como representantes do Divino...
 No mundo, tereis aflições. (...) Guardai-vos escrupulosamente de toda avareza e cobiça, porque a vida de um homem, ainda que ele esteja na abundância, não depende de suas riquezas.

Jesus Cristo (Lc 12, 15 e Jo 16, 33)

Aprendi a contentar-me com o que tenho. – Se alguém ensina outras doutrinas e discorda da Sã Doutrina de nosso Senhor Jesus Cristo, é orgulhoso e nada entende. Esse tal demonstra um interesse doentio por controvérsias e contendas acerca de palavras, que resultam em inveja, brigas e atritos constantes, entre os que têm a mente corrompida e que são privados da verdade, os quais pensam que a piedade pode ser uma fonte de lucro.
S. Paulo Apóstolo (Filipenses 4, 11; 1 Timóteo 6, 3-5)

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro. (...) Se quiseres ser perfeito, vai, vende os teus bens e dá aos pobres, e terás um tesouro nos Céus. Depois, vem e me segue’. E o jovem, ouvindo estas palavras, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.
Jesus Cristo (Mt 6, 24 / 19, 21-22)

Quem tem olhos para ver, que veja a verdade... Não desanimemos. Nosso Deus tudo sabe e tudo vê, e um dia todos lhe prestarão contas. Os erros existem, mas o certo existe também. Continuemos estudando a Palavra de Deus escrita e os documentos da Igreja, suplicando a Deus e ouvindo atentamente a voz de nossa consciência. Tornemo-nos profundos conhecedores do Catecismo da Igreja Católica. Busquemos, sempre e antes de tudo, a Verdade, Jesus Cristo.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.