Abortista se tornou pró-vida após pesadelo com bebês que ele matou - Front catolico

Abortista se tornou pró-vida após pesadelo com bebês que ele matou




"Quem são essas crianças?" ... "São todos quem você matou com seus abortos."


Um abortista na Sérvia que tinha realizado milhares de procedimentos de aborto desistiu de sua prática depois de ter um sonho com os bebês que ele matou.
O portal de notícias LifeNews divulgou uma notícia sobre a conversão milagrosa do defensor do aborto, Stojan Adasevic. Ele trabalhou com o procedimento na Sérvia comunista durante 26 anos, realizando 48 mil abortos. Ele até ajudou a abortar filhos de seus parentes.
Um sonho que continuamente assombrara Adasevic teria sido o ponto de partida para a mudança de vida:
Adasevic sonhava com um belo campo cheio de crianças e jovens que brincavam e riam, mas que fugiam dele com medo. Um homem vestido com uma roupa preta e branca olhava para ele em silêncio. O sonho era repetido todas as noites e ele acordava suando frio.
O sonho continuou, porém com a aparição de um novo personagem, o teólogo e pregador, Tomás de Aquino. Quando Adasevic perguntou: “Quem são essas crianças?” Aquino respondeu: “São todos quem você matou com seus abortos.”
Adasevic ficou profundamente abalado com o sonho, mas quando ele foi ao trabalho no dia seguinte, seu primo estava lá com sua namorada grávida, pedindo-lhe para realizar um aborto.
O médico concordou relutantemente, ainda pensando no sonho. Enquanto ele realizou este aborto, no entanto, algo aconteceu que o deixou ainda mais transtornado.
“Eu agarrei algo, apartei um pouco, removi e joguei em um lenço cirúrgico. Quando olhei, vi uma mão – uma mão consideravelmente grande. A criança tinha três, talvez quatro meses de vida. Eu não tinha uma fita para medir.
… Quando comecei a puxar o corpo da criança, pensando que haveria apenas fragmentos dos ossos, vi um coração humano, contraindo-se e expandindo e batendo, batendo, batendo. Eu pensei que estava enlouquecendo. Eu vi o coração diminuir as batidas, até que parou completamente. Ninguém poderia ver o que eu tinha visto com meus próprios olhos, e estar mais convencido no que eu havia me tornado- eu acabara de matar um ser humano. ”
Depois disso, Adasevic renunciou completamente à sua prática de aborto e nunca realizou outro procedimento. Embora tenha enfrentado consequências financeiras e pressões sociais do regime comunista da Sérvia, manteve-se firme em sua convicção.
Ele está agora envolvido no movimento pró-vida do país, onde trabalha para comunicar a santidade da vida para os outros. Com informações Christian Headlines
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.