Pastor é preso por vender “bilhetes para o céu” após encontro pessoal com Jesus - Front catolico

Pastor é preso por vender “bilhetes para o céu” após encontro pessoal com Jesus





 Tito Wats, um pastor da República do Zimbabwe, país localizado na região Sul da África. Ele foi preso no último dia 28 de junho pelas autoridades policiais, após ser denunciado por vender bilhetes para céu.
Como se não bastasse o ato absurdo por si só, Wats cobrava 500 dólares para cada bilhete, um valor desproporcional em um país onde o salário médio por dia custa apenas 2 dólares. Ou seja, na prática, só iria para o céu os ricos, segundo a doutrina  criada pelo suposto pastor.
Vários fiéis acreditaram no líder religioso e alguns venderam tudo o que tinham para comprar o bilhete para o céu. Questionado após a prisão, Tito Wats disse que estava sofrendo perseguição por “fazer a obra de Deus”.
Ainda
segundo, Tito Wats, ele teria tido um encontro pessoal com o próprio Jesus Cristo, O qual lhe entregou bilhetes feitos com ouro maciço, capazes de garantir a salvação de qualquer pessoa, segundo informações do site Paris Match.
Casos como o de Tito Wats não são os únicos no Zimbábue e às autoridades continuam investigando outros relatos, na tentativa de impedir que novos crimes financeiros sejam praticados por charlatões em nome da fé.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.