Os pedófilos querem ser aceitos pela comunidade LGBT alegando ser uma minoria - Front catolico

Os pedófilos querem ser aceitos pela comunidade LGBT alegando ser uma minoria





Os pedófilos estão tentando ganhar aceitação da comunidade LGBT, reformulando-se.
Em uma tentativa de ganhar aceitação, eles se rebatizaram de MAPs ou “Pessoas com Atração por Menores” e até já criaram uma bandeira como a do Orgulho Gay, mas o usuário do Twitter, Communist Fish, postou uma foto em junho avisando as crianças para ficarem longe.
Ele escreveu: “ANÚNCIO DE UTILIDADE PÚBLICA PARA MENORES: SE VOCÊ VER ESTA BANDEIRA DE “ORGULHO” EM QUALQUER LUGAR, FIQUE ATENTO, esta bandeira é para os MAPS, que significa pessoa(s) com atração por menores, ESTA É UMA BANDEIRA PARA PEDÓFILOS”.
O grupo tenta alegar que os pedófilos são pessoas incompreendidas, e que não devem ser marginalizadas por agirem de acordo com sua atração por crianças.
Sites como o The Prevention Project começaram a postar depoimentos de pedófilos que estão procurando ajuda para a sua atração, alegando que todos “precisam de apoio”.


Um dos depoimentos diz: “John” era suicida. Ele havia sofrido bullying por trolls nas mídias sociais durante a maior parte de sua vida por ser diferente.
“Os agressores eram principalmente pessoas que afirmavam, com base em suas crenças religiosas, que “John” estava indo para o inferno e merecia morrer. ”
“Eles descreveram como eles o matariam em sua página no twitter e as pessoas apoiavam seu ódio”.


“Desesperado por ajuda, John procurou tratamento para a vergonha, depressão e suicídio. Embora ele estivesse com medo de compartilhar sobre si mesmo com um estranho, ele se sentia desesperado por ajuda, pois não tinha nenhum desejo de prejudicar ninguém, nunca. ”
Tendo compartilhado sobre sua atração pelas crianças, seu terapeuta lhe disse: “Eu não trato de abusadores sexuais”.
Fonte: Attitude.co.uk
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.