A gata tem 10 anos de idade e pertence à família da jornalista Glória Moreira Lima, 52 anos. De acordo com a mulher, o casal não esperava a invasão de Sardinha e, encantado com a ousadia dela, deixou a felina participar da cerimônia. Durante a missa, a gata não entrosou muito com os noivos, nem depois do casamento.
— Eles voltaram lá na capela no dia seguinte, sem roupa de noivos, somente para ver a Sardinha. Ela não deu a mínima atenção — conta Glória, entre risos.
A pernambucana diz que Sardinha chegou à família ainda filhote e, por ser muito exibida, tinha certeza de que "seria capa de revista" no futuro. Não deu outra. Há alguns anos, a gata percebeu a movimentação na igreja — que fica perto da casa — durante os casamentos, e passou a ficar esperta quando as noivas saíam dos carros, antes de pisarem no tapete vermelho.
— A Sardinha percebeu que sempre eram feitas muitas fotos das noivas quando elas iam entrar na "passarela", então, a gatinha começou a entrar na frente, como uma daminha, e caminhar até o altar. 



Guardiã da igreja e sucesso nas redes

As aparições começaram a se tornar comuns em outras cerimônias, então, Glória criou um perfil para o animal no Instagram. Visitantes da capela, noivas e pessoas que moram na região começaram a enviar fotos e procurar Sardinha para novas imagens nas redes sociais. O sucesso foi tão grande que, até o momento, são mais de seis mil seguidores:
— As pessoas gostam das frases que coloco nas legendas, das histórias que conto. Muitas noivas já mandaram mensagem direta falando a data do casamento e perguntando se ela vai estar por lá. Teve uma vez que até colocamos laço de fita, pérolas, véu e grinalda. Já foram dezenas de aparições dela nas cerimônias.


Com tantas participações, Sardinha já se tornou um símbolo de sorte para as noivas que sobem ao altar. Além disso, muitos famosos que passam por Fernando de Noronha fazem questão de publicar fotos com a gata, como o ator Rafael Vitti e a atriz Giovanna Ewbank, que tem uma pousada na ilha.


Glória também aproveita o sucesso nas redes para ajudar outros animais. No Instagram, a jornalista também compartilha imagens de animais abandonados e incentiva a adoção. Ela faz questão de divulgar posts de ajuda de todo o Brasil e gosta de ver a liberdade dos animais de estimação.
— A Sardinha é muito amada, respeitamos a individualidade, a natureza dela. Ela pode ficar solta ou dormir em casa, ela decide. Não criamos nossos animais encarcerados e gostamos de ver ela e nossos filhotes vivendo as benesses do paraíso — finaliza.