O que são Pecados de Estimação? E como Evitá-los? - Front catolico

O que são Pecados de Estimação? E como Evitá-los?





Acabei de ouvir a Salette Ferreira falar sobre pecado de estimação. São pecados, falhas que confessamos inúmeras vezes mas estamos sempre cometendo esse erro de novo e de novo. São erros que já viraram vícios e atitudes tão corriqueiras na nossa vida que já podem ser chamados de pecados de estimação.

Mas o que é o pecado?

"O pecado é uma falta contra a razão, a verdade, a consciência reta; é uma falta para com o amor verdadeiro com Deus e para com o próximo por causa de um apego perverso a certos bens. Fere a natureza do homem e ofende a solidariedade humana. Foi definido como "uma palavra, um ato ou um desejo contrários à Lei Eterna."

O pecado é ofensa a Deus: "Pequei contra ti, contra ti somente; pratiquei o que é mau aos teus olhos" (Sl 51, 6). O pecado ergue-se contra o amor de Deus por nós e desvia dele os nosso corações. Como o primeiro pecado, é uma desobediência, uma revolta contra Deus, por vontade de tornar-se "como deuses", conhecendo e determinando o bem e o mal (Gn 3,5). O pecado é, portanto, "amor de si mesmo até o desprezo de Deus". 


Itens 1849-50
do Catecismo da Igreja Católica

Quais podem ser os nossos pecados de estimação?

Os vícios ao jogo, à bebida o cigarro; Aquilo que o Padre Léo sempre foi contra: o consumismo; e ainda como o Padre Léo falava: o ter, poder e tantas outas coisas que vão contra a vontade de Deus para satisfazer os nossos desejos.

Peçamos a Deus a nossa libertação dos nossos pecados do dia-a-dia, que estamos sempre a alimentar, assim mesmo como fazemos com um animalzinho de estimação. Sabemos que um dia este pecado irá ficar maior, crescer e se tornar mais prejudicial a nós e aos outros.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.