Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Padre interrompe missa e sai da igreja para baixar som de carro que estava atrapalhando

Imagem
O padre Murilo Bentinho interrompeu a missa que acontecia na Paróquia de Santo Antão por conta Três paredões de som foram recolhidos pelos policiais militares por perturbarem o sossego dos cidadãos na Praça da Matriz, área urbana da cidade de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. Entre os incomodados pela poluição sonora, estava o padre da Paróquia de Santo Antão, que teve que interromper a missa para pedir ao dono dos equipamentos que diminuísse o volume da música. A missa acontecia na noite do domingo (4), quando precisou ser suspensa por conta do barulho que invadia a igreja. O padre Murilo Bentinho, que celebrava a missa, saiu da igreja em direção à concentração dos veículos equipados com 'paredões de som' e pediu para que o volume fosse amenizado. Pouco tempo após o pedido do padre, o som voltou a tocar em volume alto. A polícia foi acionada para conter o proprietário dos equipamento

Falta de dinheiro para cerimônia não é desculpa para não casar na Igreja

Imagem
      Se você acha difícil se casar na Igreja por conta de questões financeiras, leia isso Muitos casais católicos vivem juntados sem o sacramento do matrimônio, ou são casados somente no civil. Eles não possuem nenhum impedimento moral para se casar, mas  adiam o casamento eternamente porque teimam em relacionar cerimônia religiosa a altos gastos de dinheiro . Parem… apenas parem! Para casar na igreja não precisa nem de vestido de noiva! Basta: que os noivos estejam com a devida disposição de cumprir os votos matrimoniais (conforme as leis da Igreja); que haja um casal de testemunhas (padrinhos); que haja um ministro para presidir a cerimônia – que pode ser um diácono ou um sacerdote. O casamento na igreja só é caro para quem quer e está disposto a pagar por certos luxos. Na maioria das dioceses,  há paróquias que promovem anualmente casamentos comunitários, que são inteiramente GRATUITOS. Cas

Campanha pede que cristãos não votem em partidos que defendem o aborto

Imagem
Conheça a posição das legendas que pedem a legalização do aborto no Brasil Em ano de eleições e com o país sendo constantemente bombardeado com denúncias e escândalos de corrupção, a expectativa é que haja uma mudança significativa na formação do Congresso Nacional. Contudo, uma sociedade não é formada apenas de questões econômicas. As pautas morais, a longo prazo, contribuem muito para a formação de uma nação. Embora a Constituição preveja a independência entre os poderes, algumas decisões tomadas pelo Judiciário atropelaram o status quo e, pela decisão de juízes que não foram eleitos para representar o povo, na prática foram legalizados o casamento gay e o aborto em casos específicos. Possivelmente a próxima configuração do Congresso irá abordar esses temas e – espera-se – determinar a legalidade ou ilegalidade dessas práticas. Ainda que no Brasil muitas vezes vale a opinião que “voto na pessoa, não partido”, o fato é que seguidamente os representa